IBM supera valor de mercado da Microsoft após 15 anos

24 de maio de 2011

Nesta segunda (23), IBM valia US$ 203,5 bi e a Microsoft, US$ 201,1 bi.
Em 2010, Microsoft foi superada pela Apple, empresa high tech mais valiosa

A IBM superou sua antiga rival, a Microsoft em valor de mercado nesta segunda-feira (23) pela primeira vez desde abril de 1996. Perto do fechamento dos mercados acionários dos Estados Unidos, as ações da IBM cediam 1,2% e as da Microsoft caíam 1,4%.

A ressurgente Apple superou a Microsoft em valor de mercado em 2010 e, atualmente, é com folga a empresa de tecnologia mais valiosa do mundo. De acordo com dados da Reuters, o valor de mercado da Apple estava em US$ 308,3 bilhões nesta segunda-feira (23). A IBM valia US$ 203,5 bilhões, enquanto a Microsoft tinha um valor de US$ 201,1 bilhões.

Em 1999, a Microsoft tinha valor de mercado três vezes maior que o da IBM. Enquanto a Microsoft crescia, a IBM era classificada como uma empresa antiquada, lenta e que não seria capaz de acompanhar a revolução tecnológica.

Início
A IBM dominou a indústria de computadores por décadas até a Microsoft começar a fornecer o sistema operacional Windows no começo de 1980, mudando a cara da indústria. O fundador da Microsoft, Bill Gates, quebrou um paradigma no setor, apostando que o software seria mais valioso que o hardware.

Desde o estouro da bolha de internet em 2000, o jogo parece ter se invertido: as ações da Microsoft estão estagnadas, com investidores duvidando de sua habilidade de se mover além do Windows e do pacote de aplicativos Office, enquanto rivais mais jovens como Google e Facebook ganham destaque. Ao mesmo tempo, a IBM se reestruturou como uma especialista em software de negócios, servidores e consultoria – se distanciando do negócio de PCs.

Um investidor que comprou US$ 100 mil em ações da IBM e a mesma quantia em ações da Microsoft há 10 anos teria, atualmente, cerca de US$ 143 mil com a primeira e US$ 69 mil com a segunda empresa.

Twitter
Fotos
  •